Home Artigos Solibri: entendendo a verificação automática de regras

Solibri: entendendo a verificação automática de regras

(Eastman et al., 2009) definem:

[…] regra automatizada é definida como o uso de um software que não modifica um projeto, mas que avalia esse projeto com base na configuração dos seus objetos, suas relações e atributos. Em sistemas baseados em regras aplicam-se restrições ou condições para um projeto proposto, obtendo-se resultados como ‘passar’, ‘falha’, ‘aviso’ ou ‘desconhecido’, […]

Uma abordagem comum para um sistema automático de verificação de regras é uma comparação sistemática, ou seja, comparando-se cada objeto ou sistema em um modelo BIM de um edifício contra restrições padronizadas. O resultado é normalmente uma lista de objetos com não conformidades (Dimyadi e Amor, 2013).

De acordo com (Eastman et al., 2008) a redução de falhas de projeto é sensivelmente diminuída com o uso da verificação automática de regras. Portanto a redução do custo global de uma obra pode ser menor em benefício dos construtores. (Eastman et al., 2008) afirmam ainda que:

[…] as ferramentas de detecção automática baseadas em BIM permitem que a detecção automática de interferências geométricas sejam combinadas com análises de interferências baseadas em semântica e regras para identificar conflitos qualificados e estruturados[…],

Através de um exemplo prático, com o uso do Solibri™, iremos explicar a lógica da verificação automática de regras.

Exemplo de verificação lógica: encanamento passando sobre salas elétricas

Nesse exemplo, adaptado de (Lipp, 2016), o objetivo do teste será verificar se existe encanamentos (água fria, quente ou esgoto) passando sobre salas com equipamentos elétricos, pois em caso de vazamento destas tubulações poderão ocorrer sérios danos. Uma instrução lógica a ser verificada no modelo é SE um espaço é uma sala elétrica ENTÃO nenhum sistema de encanamento que seja dos tipos: água fria, água quente ou esgoto sanitário pode correr sobre esse espaço’. A fim de encontrar espaços no modelo que sejam salas elétricas, os espaços devem estar classificados no modelo, ou pelo seu nome ou pela sua classificação OmniClass. A Figura 1 mostra o mapeamento de qualquer espaço iniciando com a palavra ‘ELEC’ para a classificação ‘Electrical’. Para verificar se o tipo de encanamento é um dos mencionados, será necessário o mapeamento automático da propriedade.

Figura 1: Espaços com o nome começando com ELEC são mapeados para a classificação Eletrical

issue_2016_02_uc_01_01

A Figura 2 configura o nome da classificação para qualquer componente baseado no valor da propriedade ‘System Classification’ que se encontra abaixo do conjunto de propriedades do tipo ‘Mechanical’.

Figura 2: Mapeamento do Sistema de Classificação para o valor da propriedade Mechanical.System Classification

issue_2016_02_uc_01_02

As classificações acima pertencem a uma biblioteca nativa de regras pré-configuradas e parametrizáveis do Solibri™, denominada SOL/222 – Component Distance (Figura 3).

Figura 3: Os encanamentos precisam ficar a uma distância mínima de 5” sobre as salas elétricas. Extraído de (Lipp, 2016)

issue_2016_02_uc_01_03

Essa regra verifica se algum componente que esteja classificado como água fria, água quente ou esgoto sanitário, tenha uma distância mínima de 5” sobre algum espaço classificado como ‘Eletrical’. Após o processamento da regra no modelo, existe um resultado no qual uma tubulação do sistema sanitário está passando 3” sobre o espaço no modelo (Figuras 4, 5)

Figura 4: Resultado da análise mostrando a tubulação passando 3”, extraído de (Lipp, 2016)

issue_2016_02_uc_01_04

Figura 5: O mesmo resultado visualizado em 3D, extraído de (Lipp, 2016)

issue_2016_02_uc_01_05

Referências

DIMYADI, J.; AMOR, R. Automated Building Code Compliance Checking – Where is it at? , Proceedings of the 19th CIB World Building Congress, Brisbane 2013: Construction and Society, 2013, Brisbane, Australia. p.172-185.

EASTMAN, C. et al. Automatic rule-based checking of building designs. Automation in Construction, v. 18, n. 8, p. 1011-1033, 12// 2009. ISSN 0926-5805. Disponível em: < http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0926580509001198 >.

EASTMAN, C. et al. The BIM Handbook. 1a. edição. Wiley&Sons, 2008. 504 ISBN 978-0-470-18528-5.

LIPP, J. What makes SMC unique? The ability to check for logic and behavior. 2016. Disponível em: < https://solibri.wordpress.com/category/rules/ >. Acesso em: 6/11/2016.

Carregar mais artigos relacionados
Load More In Artigos
Comments are closed.

Leia também

Não existe um “modelo ND ###”

Nível de Desenvolvimento dos componentes do modelo ND = Geometria + Informações O Nível de…