Home Artigos Checagem de acessibilidade com o uso do BIM

Checagem de acessibilidade com o uso do BIM

A Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos Humanos das Pessoas com Deficiência reconhece “a importância da acessibilidade física para o desenvolvimento social, econômico e cultural, de saúde e edifícios educacionais, a fim de permitir que as pessoas com deficiência o pleno gozo de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais.” A questão da acessibilidade não pode e não deve ser limitada apenas a “conformidade da lei”, mas sim para a “melhor solução possível”

Code Checking (checagem de normas)

Existe uma forma de apoiar o projetista no processo de avaliação, automatizando ou simplificando algumas tarefas?

A resposta é sim! A Coordenar visando analisar modelos BIM  de acordo com a nova norma “ABNT NBR 9050 – Acessibilidade a edifcações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos”, customizou as normas pré-existentes do Solibri Model Checker para acessibilidade e criou um padrão de análise compatível com a nossa realidade.

Fizemos diversas análises em vários modelos reais, nacionais e estrangeiros e percebemos resultados e benefícios evidentes com o uso do Solibri:

1. A avaliação das regras é extremamente rápida e precisa comparando com os métodos manuais e convencionais

2. O avaliador passa a ter mais tempo de resolver as questões ao invés de gastá-lo procurando-as e identificando-as

3. Apresentação clara das questões críticas, mesmo para não especialistas

Serviço de checagem de normas

A Coordenar desenvolveu um novo serviço: análise de normas sob demanda. Você fornece o seu modelo BIM e nós fazemos a análise para você, ou seja, você paga apenas pelos resultados sem a necessidade de investir no software e conseguir customizá-lo, economiza com consultores especializados e obtém os resultados com rapidez.

Dessa forma você economiza tempo para poder buscar as melhores soluções junto com seu consultor ao invés de ficar dias e dias procurando problemas.

A análise é feita em questão de segundos. Porém é necessária uma análise preliminar para verificar a consistência do modelo, a existência de espaços definidos e nomeados e a verificação de clash checking e objetos duplicados. Essa análise preliminar retorna para você adequar o modelo para ele ser verificado. Nossa principal preocupação é com a definição correta de todos os espaços, além evidentemente dos espaços específicos para a acessibilidade, como banheiros, rampas e outros.

Itens que serão verificados

acessbilidade_itens

 Relatório analítico que será enviado

acessibilidade_relatório

 

Imagens ampliadas que serão enviadas

 Falta de espaço livre para giro da cadeira

aces_1

 Falta de espaço livre para giro da cadeira

aces_2

  Rota de fuga muito longa (a linha em azul é a rota de fuga calculada e desenhada automaticamente)

 

aces_3

 Espaço insuficiente atrás da porta

aces_4

Solicite um orçamento!

Carregar mais artigos relacionados
Load More In Artigos
Comments are closed.

Leia também

O que é o IFC, o principal ingrediente do openBIM?

O nascimento do formato IFC Em 1996, 11 parceiros criaram a IAI (International Alliance of…