Home Artigos DEPOIMENTO E RECONHECIMENTO ALUNO BIM – Zigurat, BIM Freelance e NossoBIM

DEPOIMENTO E RECONHECIMENTO ALUNO BIM – Zigurat, BIM Freelance e NossoBIM

Mesmo que o seguimento do BIM tenha crescido consistentemente, uma coisa que ainda está para se desenvolver são as mudanças significativas no ensino entorno do BIM. Ao longo dos últimos anos, vários centros de treinamento técnico foram estabelecidos em todo o mundo. Embora isso geralmente tenha contribuído para uma maior conscientização sobre o BIM, o foco tem sido apenas o treinamento de software. Não estou negando que esta seja uma habilidade crítica, no entanto, para a difusão efetiva do BIM na Indústria, a educação BIM deve evoluir para algo mais relevante e sustentável. Estamos bem após o estágio “Arquiteto /engenheiro com 5 anos de experiência Revit”.

Como um empreendedor e uma pessoa que busca constamente o conhecimento, tenho buscado há algum tempo um organograma funcional para a educação BIM, encontrei recentemente o Global BIM Management Certification Program, da Zigurat Global Institute of Technology e da BIM Freelance.

Este programa, desenvolvido pela Zigurat em colaboração com o BIM Freelance, acontece em Campus on-line. Com toda a honestidade, nunca tinha ouvido falar deles até o momento, mas eles já trabalham com cursos relevantes para a indústria da construção em espanhol e português há mais de 15 anos.

Faz um pouco mais de um mês desde que comecei a estudar o material do curso e fui convidado por alguns amigos a rever o que a Zigurat tem para oferecer. De primeira, quero ressaltar que é um curso bastante equilibrado, é abrangente e prático. Neste artigo, vou falar mais sobre o que você pode esperar…

Aviso: Simply.BIM não recebeu qualquer tipo de compensação por este texto. As opiniões aqui expressas refeltem a visão dos seus autores. Os leitores são aconselhados a tirar as suas próprias conclusões.

O Perfil BIM Manager Ideal

Ao contratar perfis relacionados ao BIM, as empresas procuram diferentes conjuntos de competências. Mas é bem claro que, para alcançar uma prática BIM sustentável em uma organização, o BIM Manager deverá ser competente em três aspectos principais:
Ele deve (1) ser tecnicamente habilidoso (2) ter o conhecimento conceitual (3) ajudar e construir sistemas “sociotecnico” eficientes para qualquer empresa/ organização para que assim se desenvolva um quadro que equilibrado com todas essas áreas, o que parece bastante desafiador.

A Zigurat e a BIM Freelance conseguiram fazer isso, organizando seus módulos de aprendizagem em “Perfis BIM”. Existem cinco perfis que um aluno irá se desenvolve: Coordenador BIM, BIM Specialist, BIM Expert e BIM Manager. Cada perfil apresenta conhecimentos que abrangem amplamente três competências – modelagem (competência técnica), colaboração e interoperabilidade (trabalho em equipe e competência de sistemas) e gerenciamento (competência organizacional).

Deste modo, lentamente, o aluno passaria de simples tarefas de modelagem para o gerenciamento de sistemas de informação. A ideia de distribuir habilidades sobre os perfis do BIM relaciona-se estreitamente com a indústria, e é uma forma muito orgânica e funcional para o mercado de trabalho e necessidades de Currículos que necessitam destas competências. Por design, esta estrutura permite ao aluno aplicar imediatamente o conhecimento adquirido em um cenário do mercado global.

Aplicação prática

Muitas pessoas se questionam como elas não conseguem aplicar o software na prática, mesmo depois de assumir um curso de Revit caro em um instituto técnico. Então, ao elaborar o Curso Revit da “Simply.BIM”, decidi usar um projeto real para demonstrar como o software funciona. Você provavelmente está se perguntando o que isso acontece e resolve as necessidades. O projeto ou o estudo de caso atua como uma “âncora”, torna-se mais fácil lembrar o que se aprende porque tudo o que faz torna-se contextual, esta metodologia também permite a repetição e a improvisação – algo que é muito necessário ao aprender ferramentas complexas.

O global BIM management também se baseia em cenários reais e estudos de caso. As ferramentas BIM muitas vezes têm uma curva de aprendizado íngreme e é preciso muito tempo, esforço, repetição e aplicação para dominá-los. A Zigurat e a BIM Freelnance usa “Caminhos do Programa” para preencher o espaço entre o conhecimento e a aplicação prática dele. Um caminho da formação se relaciona com a ferramentas que terá que escolher, ou seja, Revit, AECOsim, ArchiCAD e AllPlan. Os alunos são encorajados a selecionar pelo menos duas ferramentas para desenvolver seus projetos. Os conceitos, como o desenvolvimento de modelos de empresas ou a construção de planos de execução girariam em torno das ferramentas escolhidas e isso garante que você tenha boas praticas com as ferramentas que você escolher e também aos tópicos aprendidos.

As plataformas de aprendizagem digital funcionam para o BIM?

Quando discutimos o BIM hoje, todos estamos falando de um cenário onde todas as partes interessadas podem colaborar eficientemente sem as limitações dos limites geográficos.
Eu, pessoalmente, sinto que para nos ajudar a chegar lá, as plataformas de aprendizagem virtual terão que desempenhar um papel importante. Elas podem ser um ótimo campo de testes para conceitos BIM, como colaboração em nuvem, gerenciamento de equipes localizadas remotamente ou mesmo gerenciamento de informações. Elas também são altamente escaláveis, permitindo as instituições acederem às classificações dos estudantes ao mesmo tempo.

A Zigurat e a BIM Freelance usam um campus virtual ou um “e-campus” que permite que os alunos se juntem com colegas e professores de todo o mundo e até encontrem oportunidades de trabalho. O e-campus é um espaço onde os alunos podem dar e receber feedback de forma livre através dos fóruns. Dada a natureza altamente evolutiva do BIM, pode ser incrivelmente desafiador encaixar o BIM em um currículo tradicional, mas em uma plataforma on-line permite que especialistas do mundo inteiro criem um ótimo conteúdo que pode ser facilmente reutilizado e atualizado conforme necessário. Eu não sei se isso foi o que os criadores do programa já imaginaram, mas no futuro, eu realmente vejo isso como o melhor caminho a seguir.

Uma última coisa …

A Zigurat e a BIM Freelance fazem o melhor para trazerem uma boa experiência de aprendizagem e estabeleceram uma referência para a entrega de formações BIM através do meio on-line. Minha experiência com o programa até agora tem sido bastante positiva e eu encorajo os leitores a baixar o catálogo para o Global BIM Management Program ou da formação BIM no idioma português: International Master BIM Manager

Se você está interessado em seguir na formação eu tenho que lhe dizer isso:
Como todos os cursos on-line, este exige um envolvimento consistente e auto-motivação – assim como ir a uma academia. E quando se trata de ferramentas BIM, muitas vezes pode ser um desafio suficiente para matar sua motivação. Lembro-me de procrastinar muito quando tentamos aprender AECOsim. Não há ninguém para empurrá-lo e há também o problema de viver em um mundo onde cada objeto ao seu redor está lutando por sua atenção. Portanto, certifique-se de manter e seguir um cronograma.

Isso também levanta uma questão interessante de como as plataformas de e-learning podem melhorar o envolvimento dos alunos. Se os gigantes das redes sociais podem manter-nos viciados em seus conteúdos, acredito que também podemos conseguir isso para a aprendizagem digital. Você não acha isso?

O PERÍODO DE MATRÍCULAS PARA 3ª EDIÇÃO DO INTERNATIONAL MASTER BIM MANAGER- IDIOMA PORTUGUÊS JÁ ESTÁ ABERTO! NÃO PERCA TEMPO!

SAIBA MAIS

*** Texto traduzido por Zigurat , autoria de : Gokul

Arquiteto e Fundador da Simply.BIM – plataforma E-learning dedicada aos profissionais da indústria da construção. Se você gostou de ler este artigo, compartilhe-o! Se quiser entrar em contato e compartilhar idéias interessantes, envie um e-mail para info@simplybim.in

Carregar mais artigos relacionados
Load More In Artigos
Comments are closed.

Leia também

Os sete Pecados Capitais de um Diretor de Construção na gestão de projetos

Autor: Eng. Luiz Henrique Ceotto (Partner at Tecnoenge Consulting) É na fase de projeto qu…