A Fernandes Arquitetos Associados, escritório de arquitetura paulista mais conhecido pelos projetos do Estádio do Maracanã e da Arena Pernambuco, trocou o seu software BIM do Revit para o ARCHICAD. Seu Diretor-Presidente, Daniel Hopf Fernandes (DHF), explica por que razão ao fim de 7 anos trabalhando com o Revit, tomou a decisão de migrar para o ARCHICAD.

DHF: “Em 2007 decidimos investir no BIM e fizemos algumas investigações. Nossa primeira intenção era seguir com o ArchiCAD, mas após uma avaliação geral acabamos optando pelo Revit, e esta tem sido nosso ferramenta durante os últimos 7 anos.”

No entanto, no ano passado começaram a pensar se não valeria a pena avaliar novamente novas alternativas e o que havia disponível no mercado, afinal após tantos anos imaginavam que talvez algo pudesse ter mudado ou surgido de novo no mercado.

DHF: “Não estávamos insatisfeitos com o Revit, mas é impossível não pensar que pode existir algo ainda melhor, esse é um pensamento que está dentro da mentalidade corporativa, estamos sempre buscando algo a mais que traga valor e agilize a rotina de projeto.”daniel_frase1

Para a FAA, o fator custo é também um fator de muito peso nas decisões estratégicas de qualquer empresa. Foi então que decidiram buscar no mercado alternativas, iniciando um processo de avaliação de algumas outras ferramentas. Usando a experiência acumulada ao longo dos anos conseguiram criar uma estrutura de avaliação e comparação de todos os processos críticos de produção de um projeto, desde o início até o detalhamento.

DHF: “Após 1 mês de trabalho realizado pelo nosso BIM Manager e de discussões sobre os resultados com parte da equipe, chegamos à conclusão que o ArchiCAD além de ter uma valor mais compatível com a nossa realidade também se mostrou muito mais próximo a tudo aquilo que sempre buscamos.

Com uma avaliação técnica muito positiva e custo compatível, foi relativamente fácil assumirmos a decisão pela migração!”

Outro ponto que pesou bastante foi a percepção de que o ArchiCAD tem evoluindo bastante em todas as últimas versões, o que mostra à FAA uma preocupação legítima em investir e melhorar sempre a ferramenta, o que não acontece com a mesma intensidade em outros programas, na opinião de Daniel.

daniel_frase2

Tomada a decisão, a FAA passou à fase de implementação.

DHF: “Após o mês de avaliação iniciamos imediatamente o uso do programa, e após 3 dias de treinamento básico e 4 dias de trabalho conseguimos montar um projeto complexo com apenas 2 arquitetos, mesmo com as dificuldades de quem ainda está se familiarizando com o programa.

fernandes_daniel-hopf-fernandes_001
Daniel Hopf Fernandes

A nossa migração é muito recente mas as primeiras impressões são muito boas.

Claro que toda migração é um desafio, mas a curva de aprendizado é bastante alta e o programa bastante intuitivo, especialmente para quem já usava outras tecnologias BIM.”

Sobre a Fernandes / Arquitetos Associados

Há 16 anos a Fernandes Arquitetos Associados tem conquistado o reconhecimento do mercado da arquitetura de grande porte nacional e internacional. Fundado em 1998 pelo arquiteto Daniel Hopf Fernandes, o escritório de arquitetura estabelecido em São Paulo tem se consolidado como grande referência no setor pela atuação em diversos segmentos como infraestrutura e transporte, saúde, industrial, edifícios comerciais e de uso misto, institucionais, esportes e projetos urbanísticos, e estudos de viabilidade para grandes empreendimentos, assim como consultoria para complexos esportivos e de entretenimento.

São mais de 160 projetos estruturados, recursos tecnológicos avançados e uma equipe de profissionais comprometidos com a inovação e a qualidade. A Fernandes Arquitetos foi o único escritório responsável por duas arenas para a Copa do Mundo da FIFA 2014: a Itaipava Arena Pernambuco e o Estádio Jornalista Mário Filho – o Maracanã. Além disso, finalizou seu primeiro projeto internacional recentemente: o Aeroporto de Nacala, em Moçambique

Conheça mais sobre a Fernandes: www.fernandes.arq.br

Carregar mais artigos relacionados
Load More In Artigos
Comments are closed.

Leia também

Workshop de SOLIBRI

A Associação para o Desenvolvimento e Promoção do BIM no Estado de Pernambuco (ABIM-PE) es…