A Catenda orgulha-se de ter participado do projeto Duraark, um projeto existente e altamente relevante que nos deu muita perspicácia e conhecimento sobre os problemas e soluções relacionadas ao armazenamento de longo prazo do BIM e nuvem de pontos de dados. Problemas e soluções que são diretamente relevantes para o desenvolvimento da plataforma de bimsync. O projeto Duraark começou em 2013 e foi finalizado em 2016.

As tarefas importantes no projeto de Duraark foram:

  • Encontrar soluções para longo período  de arquivamento Digital (LTDA) de dados arquitetônicos
  • Habilitar a criação automática de modelos IFC de laser scans
  • Identificar detalhes arquitetônicos como tomadas de corrente de uma combinação de laser scans e fotos automaticamente ligadas
  • Enriquecer semanticamente os dados do BIM para que o conteúdo original e seu contexto seja compreensível e recuperável no futuro
  • Criar um protótipo de sistema demonstrando a funcionalidade acima, com a integração de API com bimsync

durarkimage

Outside Euroforum in Luxembourg 2016, waiting for the final EU-review verdict for Duraark

A análise final da União Européia foi em 10 de março de 2016 no Euroforum em Luxemburgo. O veredicto dos revisores dada à Duraark foi “Excelente”, que entendemos ser o melhor possível veredicto, e dado não frequentemente.

A Catenda quer agradecer nossos colegas de projeto que fizeram o  Duraark um projeto de sucesso!

Para mais informações sobre Duraark siga esse link

 

Carregar mais artigos relacionados
Load More In Artigos
Comments are closed.

Leia também

O BIM Manager é realmente necessário?

Quais são as funções do BIM Manager? Os requisitos de implantação e gestão do BIM vêm dema…